• betvole evden eve nakliyateşya depolamaofis taşımacılığı erotik sohbetler sex hattı betebet.com sohbet hattı sporttagz.com youwin giriş
  • ISeminario Qualidade 01

    Realizou-se á 19 de Março último, o primeiro seminário da qualidade académica da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane.
    O seminário, que decorreu no formato híbrido, tinha como principal objectivo refletir sobre a qualidade académica no contexto da Missão, visão e valores da FLCS. O evento teve como moderador o Prof Doutor Marlino Mubai, Director Adjunto para Graduação e nele participaram, membros da Direcção da FLCS, chefes de Departamentos, Directores de cursos, pontos focais da FLCS e CTA da FLCS.
    Coube a Coordenadora do Departamento da Qualidade, Profª. Doutora Inês Raimundo, fazer a apresentação dos temas com enfoque a qualidade académica. Esta começou por explicar o significado da qualidade académica e mecanismos de garantia da qualidade académica na FLCS.
    Entre vários assuntos elencados, o destaque foi para a auto-avaliação dos cursos. Deste modo, foi apresentada a situação dos cursos oferecidos na FLCS de 2018 à 2021, tendo se referido a existência de cursos com acreditação plena, alguns em processo de avaliação e outros com acreditação expirada, pelo que Raimundo, instou a importância da auto-avaliação dos cursos.
    “ É crucial fazer a auto-avaliação, pois, é um processo obrigatório por lei a auto-avaliação dos cursos possibilita fazer uma avaliação do nosso trabalho como docentes”, afirmou.
    ISeminario Qualidade 02Segundo a Profª. Doutora Inês a auto- avaliação deve refletir os pontos fortes e fracos no cumprimento da Lei e do plano de avaliação dos cursos. E a validação do conteúdo do relatório de auto- avaliação é feita com base numa análise detalhada do desempenho nos indicadores e padrões orientadores do manual da IES, incluindo os do SINAQES /CNAQ.
    Questionada sobre a quem endereçar as evidências da auto- avaliação tendo em conta que a plataforma funciona em momentos próprios, Raimundo, aconselhou aos pontos focais a organizarem todas evidências em pastas que posteriormente serão submetidas a plataforma do CNAQ.
    Por seu turno, Adérito Notiço, Representante do Gabinete de Planificação, Qualidade e Estudos Institucionais (GAPQEI), consubstanciou as palavras da Profª. Inês e explicou as competências do GAPQEI no que diz respeito a qualidade académica.
    “ O Departamento de qualidade, lida com a componente da qualidade e dá assistência as unidades académicas no processo de avaliação e acreditação dos cursos ”, explicou Notiço.
    A terminar a Profª. Doutora Inês Raimundo, assegurou que até 2022 todos cursos da Faculdade de Letras e Ciências Sociais terão feito a auto- avaliação, reiterando a sua disponibilidade em cooperar com os Departamento para o efeito.
    Nada mais havendo por discutir, o Prof. Doutor Marlino agradeceu a presença e contribuição de todos, e, assegurou que a direcção da graduação da FLCS vai acompanhar o processo e assegurar a acreditação dos cursos.