• Tipobet tipobet365 superbahissitesi - evden eve nakliyateşya depolamaofis taşımacılığı erotik sohbetler sex hattı sohbet hattı drostalas.com
  • foto 9jornadas site Tiveram lugar as IX Jornadas  da Língua Portuguesa na Universidade Eduardo Mondlane, nos dias 4 e 5 de Maio de 2017, cujos eixos temáticos foram Língua Portuguesa: Investigação e Ensino, Teconologias de informação e Comunicação (TIC) e Desenvolvimento d(as) Literacias(s), Formação de Professores de Português (L1,L2 e LE), Literaturas em Língua Portuguêsa e Didática da Literatura.

    O Director da Faculdade e Letras e Ciências Sociais (FLCS) da Universidade Eduardo Mondlane (UEM)  Prof. Doutor Cláudio Mungói, considerou no seu discurso de abertura que a língua portuguesa constitui um grande instrumento de comunicação para o desenvolvimento dos povos que a partilham, e espera que académicos quer da UEM, quer das instituições que com ela cooperam, possam contribuir mais e melhor nesse sentido. Por sua vez a Embaixadora de Portugal em Moçambique, Maria Amélia Paiva afirmou que foi com regozijo que recebeu o convite para participar num evento de tão larga envergadura, e fez votos para que as matérias que fossem debruçadas em torno da língua portuguêsa fortalecessem os laços bi-laterais entre portugal e Moçambique.   

    Segundo o  Camões, Instituto da Cooperação e da Língua em Moçambique, o objectivo é desenvolver uma cultura de investigação em torno do ensino e da aprendizagem da língua portuguesa.

    Dedicado ao tema Língua e Literacia(s) no Século XXI, o encontro académico  contou nas conferências plenárias com a presença dos conferencistas Carlos A. M. Gouveia e Fernando Albuquerque Costa da Universidade de Lisboa, Perpétua Gonçalves da Universidade Eduardo Mondlane, Hildizina Dias da Universidade Pedagógica e Elias Torres Feijó da Universidade de Santiago de Compostela. Para além destas plenárias, foram apresentadas cerca de 35 comunicações por académicos das universidades das diferentes regiões de Moçambique como Maputo, Beira, Quelimane, Tete, Nampula e Niassa, e das universidades de países da região como a Suazilândia, Botsuana e Zamzibar, e 3 workshops cujos oradores foram Benilde Vieira da UEM, Fernando A. Costa (U. Lisboa) e Francisco, João Ribeiro & Timóteo Carlos (UP, Nampula). O evento contou ainda com um painel e  lançamento do livro Ensino da língua portuguesa em contextos multilingues e multiculturais: Textos selecionados das VIII Jornadas da Língua Portuguesa.

    As Jornadas inserem-se numa já longa tradição, iniciada em 2005, um evento académico, organizado, de forma alternada nas cidades de Maputo, Beira e Nampula, pela rede Camões, Instituto da Cooperação e da Língua em Moçambique, em parceria com a Universidade Eduardo Mondlane e a Universidade Pedagógica.